Bronquite.com

Informações sobre a bronquite

Causas mais comuns para a falta de ar

As causas são múltiplas, sendo as mais frequentes as pulmonares ou cardíacas.

Dentre as pulmonares, as mais comuns são asma, bronquite (podendo ser aguda ou crônica), enfisema pulmonar, derrame pleural, doenças intersticiais e tumores.

Dentre as doenças cardíacas predomina a insuficiência cardíaca. Assim, podemos dizer que o comprometimento dos brônquios impede a chegada de uma quantidade adequada de ar (oxigênio), que se observa nas bronquites.

A redução do oxigênio pode ser também secundária à menor expansão do pulmão, que ocorre nos casos de derrame pleural, ou à congestão, ou seja, o acúmulo de líquido dentro do pulmão, que ocorre quando o coração funciona de forma insuficiente.

Nos quadros intersticiais, em que ocorre o comprometimento da parede que separa os alvéolos (onde ocorrem as trocas entre o ar e o sangue), há uma redução da passagem de oxigênio do alvéolo para o sangue, o que explica a menor presença de oxigênio nos tecidos.

Outros fatores não especificamente cardiopulmonares também podem provocar falta de ar, como a anemia e os problemas neuromusculares.